Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Dr. Neidson atende reivindicação de professores de Guajará

Dr. Neidson atende reivindicação de professores de Guajará

por Igor Cruz publicado 13/02/2015 15h55, última modificação 13/02/2015 15h59
Deputado verifica situação de escolas e pede providências à secretária de Estado de Educação...

 

O deputado Dr. Neidson (PT do B) solicitou da secretária de Estado de Educação, Fátima Gaviole, reforma, ampliação e instalação de centrais de ar condicionado nas escolas públicas de Guajará-Mirim. O parlamentar se reuniu com a secretária na última quarta-feira (11), após ter verificado pessoalmente a situação da rede escolar no município e de ter conversado com diretores de colégios e professores.

Fátima Gaviole garantiu ao deputado Dr. Neidson que nos próximos dias enviará uma equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) até Guajará-Mirim para uma vistoria nas escolas. Ela afirmou que atenderá as necessidades das instituições de ensino.

Durante a reunião, o governador Confúcio Moura (PMDB) telefonou para a secretária e disse que ela não deveria medir esforços para atender as cobranças do deputado Dr. Neidson.

O parlamentar havia participado na semana anterior, logo após ser empossado como deputado, de uma reunião na Escola Estadual Simon Bolívar, em Guajará-Mirim, com gestores das instituições de ensino. Ele se comprometeu em levar as reivindicações até a Seduc.

Professores e diretores de escola reclamaram principalmente de problemas na estrutura física para as mínimas condições de trabalho e também da falta de segurança. Posteriormente o deputado Dr. Neidson esteve nos colégios, onde verificou que existe falta de climatização, necessidade de reforma na parte elétrica e ainda de ampliação. O parlamentar discutiu com a secretária da Seduc uma solução para esses problemas.

 

ALE/RO - DECOM - [ Assessoria parlamentar ]

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados