Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Escola do Legislativo debate violência doméstica contra a mulher

Escola do Legislativo debate violência doméstica contra a mulher

por Igor Cruz publicado 14/11/2017 16h18, última modificação 14/11/2017 16h18
Isaque Machado disse que a instituição deve fazer sua parte para mudar essa realidade...

 

Atendendo a uma solicitação da direção da Escola do Legislativo feita ao juiz titular do Primeiro Juizado de Violência Doméstica de Porto Velho, Álvaro Kalix Ferro, foi ministrada na manhã desta terça-feira (14) a palestra “violência doméstica contra a mulher”.

A palestra foi uma iniciativa da Assembleia Legislativa, através da Escola, em alusão ao Dia Internacional do Combate à Violência contra a Mulher, que lembrado mundialmente no dia 25 de novembro. A palestra teve, ainda, o intuito de alertar a todos sobre o assunto.

A palestrante convidada a debater o tema foi a psicóloga Mariângela Aloise Onofre, que falou dos desafios no enfrentamento à violência doméstica contra a mulher, das interpretações jurisprudenciais e assuntos ético-morais nas relações matrimoniais, relacionando sobre as questões práticas do dia a dia, que envolvem a violência doméstica.

O evento aconteceu no auditório da instituição, e contou com a presença de servidores do Poder Legislativo, estudantes e comunidade em geral.

De acordo com o diretor geral da Escola, Isaque Machado, esse é um assunto que envolve todas as classes sociais, e é de suma importância que a Escola evidencie a postura da sociedade em debater e tentar mudar essa realidade de violência contra a mulher, e também todo tipo de violência doméstica.

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PMDB), disse que a Escola, como ferramenta transformadora da cidadania, busca sempre apoiar e disseminar informações como esta, que visam o bem coletivo.

 


ALE/RO - DECOM - Helen Esteves
Foto: Assessoria 


FOTOS

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados