Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Frente de Apoio aos Povos Indígenas ouve demanda das aldeias do rio Pacaás Novos

Frente de Apoio aos Povos Indígenas ouve demanda das aldeias do rio Pacaás Novos

por Lusangela França dos Santos publicado 10/07/2018 15h01, última modificação 10/07/2018 15h01
Dr. Neidson, vice-presidente da Frente, esteve em terras indígenas com representante da Funai

 

Vice-presidente da Frente Parlamentar Permanente aos Povos Indígenas, o deputado Dr. Neidson (PMN), acompanhado de representante da Funai, visitou as aldeias localizadas ao longo do rio Pacaás Novos para reuniões com as lideranças e para discutir soluções para as principais necessidades das tribos. 

Dr. Neidson esteve nas terras indígenas Rio Negro Ocaia, Rio Negro Ocaia 3, Bom Futuro, Santo André e Graças a Deus. Em todas as aldeias, segundo o deputado, as principais demandas dos índios envolvem a agricultura familiar. 

“Eles necessitam de maquinário agrícola, pedem apoio da Emater para poder trabalhar com a piscicultura e com o manejo da terra”, explicou o parlamentar. 

Outra dificuldade apontada pelos indígenas de aldeias mais distantes é a falta de energia elétrica. Segundo Dr. Neidson, as antenas instaladas para sinal de Internet via satélite, voltadas à mediação escolar, só funcionam quando é ligado o motor gerador de energia, movido a combustível, item que os indígenas não têm condições de comprar. 

O deputado anunciou que fará uma indicação ao governo do Estado para que, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), ocorra a implantação de placas de energia solar nas escolas de mediação tecnológica. 

“A energia solar poderá dar o suporte necessário e manter a Internet conectada 24 horas, além de ser como meio de comunicação para os índios, uma vez que o Projeto Sou Conectado não contempla essas aldeias que visitamos”, ressaltou Dr. Neidson. 

A extensão do Projeto Sou Conectado até as aldeias ainda não atendidas já foi solicitada pelas lideranças indígenas. Em breve, a região também será contemplada com o projeto que prevê sinal de telefonia móvel e Internet, transmitido via satélite. 

Dr. Neidson confirmou que visitará as aldeias localizadas às margens dos rios Mamoré e Guaporé, de Deolinda até a Baía das Onças, que já serão contempladas com o Projeto Sou Conectado. 

“Mas em geral, na maioria das terras indígenas, a principal necessidade está em torno da agricultura familiar. Esse é o apoio que eles mais pedem, maquinários e implementos agrícolas, além da questão da energia elétrica. Vamos nos reunir com o governo e providenciar o atendimento dessas demandas, afinal, esse é o trabalho da Frente Parlamentar”, concluiu Dr. Neidson.

ALE/RO – Juliana Martins

Foto: Assessoria

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados