Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Jean Oliveira cobra medidas para evitar crise na agricultura

Jean Oliveira cobra medidas para evitar crise na agricultura

por Igor Cruz publicado 12/02/2015 13h54, última modificação 12/02/2015 13h54
Para o deputado, governo do Estado deve agir imediatamente para evitar sérios prejuízos às famílias do campo...

 

Diante do quadro de crise  - já há algum tempo no cenário econômico internacional, e que começa a se acentuar no Brasil, visto claramente pelos vários pacotes empreendidos pelo governo federal buscando salvaguardar dias melhores para os brasileiros - o deputado Jean Oliveira (PSDB) vem cobrando medidas preventivas do governo para evitar uma crise significativa e prejudicial no setor agrícola do Estado.

O deputado Jean observou vários setores em que o governo deve investir. Pelo menos cinco pontos que considera de fundamental importância para enfrentar a crise no agronegócio: distribuição de sementes asseguradas, crédito agrícola, armazenamento, aporte tecnológico e estradas condizentes para a escoação da produção. “O agronegócio demanda logística. Perde-se produtividade e competitividade devido à deficiência em logística”, observou o parlamentar.

Para Jean, se o objetivo é aumentar e assegurar a produção de grãos e suprir a crescente demanda interna e externa do Estado é necessário que se invista não só na produção (máquinas e tecnologia de plantio e colheita), mas também na distribuição de sementes, na armazenagem de qualidade e estradas em condições para a escoação da produção. “Sem esses investimentos, o crescimento do setor torna-se inviável”, disse o deputado.

Na análise do deputado Jean Oliveira, é necessário que o governo do Estado e os segmentos do agronegócio tomem medidas preventivas com programas e projetos exequíveis que possuam elementos para tomadas de decisão dos agentes envolvidos. É preciso a indicação das áreas carentes ou que necessitam de ajustes, para que a produção de grãos seja explorada com racionalidade e tecnologia adequada, podendo assim oferecer produtos a baixo custo, garantir renda para os agricultores e gerar divisas para o Estado.

“Nosso agricultor é um herói. Mesmo com as dificuldades, todo o ano bate recorde de produção, mas o cenário que se apresenta não é nada animador e cabe a nós, agentes públicos, alertar e cobrar medidas para evitar o pior”, acrescentou Jean Oliveira.

Segundo ele, é preciso que o governo do Estado aja com seriedade e pressa, senão haverá o risco de amargar uma grande crise no setor do agronegócio, que irá prejudicar sensivelmente a economia geral de Rondônia.

 

ALE/RO - DECOM - [ Assessoria parlamentar ]

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados