Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Laerte Gomes garante atender produtores de Nova Brasilândia

Laerte Gomes garante atender produtores de Nova Brasilândia

por Igor Cruz publicado 11/02/2015 18h30, última modificação 02/03/2015 09h50
O parlamentar disse que associação rural deve ser fortalecida para beneficiar famílias do campo...

 

O deputado Laerte Gomes (PEM) se comprometeu em ajudar a Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Linha 130, de Nova Brasilândia do Oeste, que passa por sérias dificuldades, principalmente devido à falta de investimento na agricultura familiar. Na manhã desta quarta-feira (11) ele recebeu em seu gabinete do vereador Menudo Selício (SD), com quem discutiu o assunto.

O vereador apresentou ao deputado documentos que expõem a situação da associação. Menuto também explicou que a agroindústria garante o sustento de muitas famílias, porém não há apoio financeiro para a entidade, que precisa de equipamentos agrícolas e até mesmo de implementos para a agricultura.

Laerte Gomes também recebeu ofício solicitando vários equipamentos para serem utilizados pela própria associação rural para dar apoio aos pequenos produtores. Dentre os pedidos estão um perfurador de solo com broca, grade arador, carreta metálica, semeadeira e subsolador, entre outros equipamentos que totalizam R$ 51 mil e devem ser instalados em um trator já existente na entidade.

Outro pedido do vereador foi uma urgente ação na RO-010, principal via de acesso para escoar a produção do município, que está em situação lastimável.

O deputado Laerte disse que fará o possível para atender essas e outras demandas apresentadas por lideranças de Nova Brasilândia. O parlamentar afirmou ter o grande desejo de promover a geração de emprego e renda da comunidade através da agricultura e que uma das suas prioridades é destinar emendas para este fim.

Laerte Gomes disse que atenderá os 52 municípios, pois sabe que cada um deles tem um problema peculiar, mas a agricultura, especialmente a familiar, movimenta a economia. “Não podemos ficar alheios a problemas que atingem nossa população. Vou trabalhar pelo coletivo, vou destinar meu mandato a ajudar os menos favorecidos e municípios mais carentes”, afirmou.

 

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados