Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Léo Moraes cria projeto de lei que assegura aleitamento materno em locais públicos

Léo Moraes cria projeto de lei que assegura aleitamento materno em locais públicos

por Igor Cruz publicado 09/03/2018 15h06, última modificação 09/03/2018 15h06
Projeto garante o direito e prevê multa a quem proibir uma mãe de amamentar o filho em local público...


Em Rondônia, o direito das mulheres de amamentar seus filhos em locais de uso coletivo, públicos ou privados poderá ser assegurado por lei. A garantia foi de autoria do deputado Léo Moraes (PTB).

“São inúmeros os depoimentos que descrevem o constrangimento de mães ao amamentar seus bebês em locais públicos. Em certas ocasiões, estabelecimentos tentam coibir a prática, através de medidas coercitivas, que deve ser realizada em foro íntimo, e não em um ato natural e necessário à saúde das crianças”, explicou o deputado.

Segundo a lei, o local que proibir a lactante do exercício desse direito estará sujeito a aplicação de multa no valor de 20 Unidades Padrão Fiscal do Estado de Rondônia (UPF/RO).

O Ministério da Saúde e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) recomendam que, até os seis meses de vida, recém-nascidos sejam alimentados exclusivamente com leite materno, o que garante a nutrição adequada para seu pleno desenvolvimento.

Para o parlamentar, deveria ser natural a amamentação em público. “Qual o constrangimento que causa às pessoas uma mãe amamentando seu filho”, questiona complementando afirmando que “nosso objetivo com o projeto é coibir ações restritivas ao direito à amamentação”.

Assim, concluiu Léo Moraes, “vamos cumprir a função do poder público em prover condições favoráveis para o aleitamento irrestrito, resguardando os direitos da mãe e da criança”.

 

ALE/RO - DECOM - Assessoria
Foto: Assessoria 

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados