Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Maurão de Carvalho elege o diálogo e a transparência como marcas de sua gestão como presidente da Assembleia

Maurão de Carvalho elege o diálogo e a transparência como marcas de sua gestão como presidente da Assembleia

por Igor Cruz publicado 02/02/2015 18h20, última modificação 02/03/2015 09h20
Maurão de Carvalho também assegurou que vai agir com transparência, nas ações administrativas...

 

Em sua primeira entrevista após ser eleito presidente da Assembleia Legislativa, com a totalidade dos votos dos deputados estaduais, o deputado Maurão de Carvalho (PP) disse que o diálogo e a transparência são duas das principais marcas de sua gestão.

“Foi com o diálogo que construí a minha candidatura à presidência da Casa. E será com o diálogo que vamos conduzir o nosso mandato, sempre buscando o entendimento com os parlamentares e com os demais Poderes”, disse ele, ao participar de um programa de rádio na capital, nesta segunda-feira (2).

Maurão de Carvalho também assegurou que vai agir com transparência, nas ações administrativas. “Cada ato nosso vai ser pautado pela legalidade e pela transparência. Tudo feito às claras, com publicação no Diário Oficial Eletrônico da Casa”, observou.

Como medidas administrativas de imediato, Maurão anunciou que, para ajustar as contas neste mês de fevereiro, quando haverá o pagamento de rescisões dos servidores exonerados, só serão nomeados os cargos essenciais para o funcionamento da Casa.

Indagado sobre como foi o processo para a sua assunção ao cargo, o presidente ressaltou que “foi um grande consenso. Tenho 22 anos de vida pública e com a minha experiência no Legislativo, tendo exercido inclusive a função de 1º vice-presidente, mostrei aos deputados a minha disposição em trabalhar em conjunto, somando forças em prol de Rondônia”.

O presidente disse que conhece bem o funcionamento da Casa, mas garantiu que vai acompanhar de perto todos os Departamentos e ações do Legislativo. “Estarei acompanhando de perto. Não vou admitir mal feitos e os exemplos negativos, cometidos no passado, estão aí para mostrar que é preciso agir com seriedade e de forma correta, como tenho feito ao longo dos meus mandatos”, garantiu.

Independência do Legislativo: Maurão de Carvalho assegurou que, embora prime pelo diálogo, isso não significa subserviência. “Há que se construir o diálogo, mas sem subserviência. Somos um Poder independente, com autonomia para apreciar as matérias, para fiscalizar o Executivo, quando necessário, mas também apoiar e dar celeridade aos projetos. Assim vamos conduzir nosso trabalho”, completou.

 


FOTOS

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados