Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Assembleia / Notícias / Oficiais da PM e BM debatem com deputados minuta do projeto que trata da reorganização e remuneração dos militares estaduais

Oficiais da PM e BM debatem com deputados minuta do projeto que trata da reorganização e remuneração dos militares estaduais

por Igor Cruz publicado 27/01/2015 15h30, última modificação 27/01/2015 15h34
A reunião, na presidência da Assembleia Legislativa de Rondônia, contou com as presenças dos deputados Hermínio Coelho, Maurão de Carvalho...

 

Por mais de duas horas, oficiais do Corpo de Bombeiro Militar e da Polícia Militar, além do vice-governador Daniel Pereira e do ouvidor geral Vicente Moura, debaterom com deputados estaduais a minuta do projeto que trata da reorganização e remuneração dos militares estaduais. A reunião, na presidência da Assembleia Legislativa de Rondônia, contou com as presenças dos deputados Hermínio Coelho, Maurão de Carvalho e do deputado eleito Jesuino Boabaid, e também da presidente em exercício da Assfapom – Associação dos Praças e Familiares da Polícia Militar e Corpo de Bombeiro, Ada Dantas. Os oficiais presentes foram os seguintes: coronel Pretz, coronel Adilson, coronel Caetano, coronel Rodrigues, tenente coronel Kisner e tenente coronel Fábio.

O coronel Fernando Luiz Brum Prettz, comandante geral da PM apresentou aos parlamentares, o memorial do projeto de lei, de iniciativa do Executivo, após amplos estudos de uma comissão que trabalhou por vários meses na sua elaboração, dentro das balizadas financeiras e orçamentárias colocadas pela equipe econômica do Governo Estadual, tendo sido aprovado por todas as associações de oficiais e praças da capital e do interior do Estado.

Mas o deputado estadual eleito Jesuino Boabaid ponderou, alertando que esta proposta não foi levada ao conhecimento da Assfapom. A presidente em exercício desta entidade, Ada destacou que os presidentes das associações do interior foram deslocados de suas bases, com pagamento de hora-extra, todos fardados e usando viaturas, o que gerou alguns protestos e descontentamentos das bases.

O comandante geral defendeu o projeto, destacando o seguinte: “Saliento também que a reorganização salarial está colocando todas as praças com a remuneração acima da média nacional. Hoje, apenas o soldado está acima da média nacional. Do cabo ao coronel, todos estão com seus vencimentos abaixo da média nacional”.

Também em defesa da proposta, o vice-governador Daniel Pereira salientou que o Governo tem consciência que este projeto, é o que é possível fazer, mas tem o caráter de urgência. O ouvidor geral Vicente Moura também defendeu a incorporação de uma emenda apresentada pela Assfapom, e ao final destacou o espírito estadista do presidente da ALE, deputado Hermínio Coelho, que sempre teve uma postura responsável defendendo as questões de interesse do Estado.  Foi acordado uma reunião técnica com o governador e equipe que elaborou o projeto, ainda para esta terça-feira.

 

ALE/RO - DECOM - [ Paulo Ayres ]


FOTOS


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Os comentários são moderados