Airton Gurgacz destaca os 51 anos da Eucatur em Rondônia

por Igor_Cruz — publicado 01/04/2015 14h58, última modificação 01/04/2015 14h58
A empresa conta com mais de cinco mil funcionários e transporta cerca de 270 mil pessoas/dia...

 

O deputado Airton Gurgacz (PDT), em discurso da tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (01), registrou os 51 anos de atividade empresa Eucatur no Brasil e 43 anos em Rondônia. Lembrou que a empresa começou pequena, através do árduo trabalho do seu irmão, Assis Gurgacz, e hoje conta com mais de cinco mil funcionários e transporta cerca de 270 mil pessoas/dia, percorrendo 60% do território nacional, cobrindo 23 Estados brasileiros, além da Venezuela.

Airton Gurgacz, que foi aparteado por diversos parlamentares, historiou que chegou a Rondônia no ano de 1976. “Aqui estava começando praticamente tudo. Vim quando tudo estava começando. Eram poucos municípios e Ji-Paraná ainda era a Vila de Rondônia. Naquela época, a União Cascavel trazia pessoas para assentar em lotes doados pelo Incra. Tudo era difícil, mas o resultado positivo vemos agora, com a consolidação do Estado e da própria empresa”, disse.

O deputado Airton disse que não pôde discursar na terça-feira (31) para homenagear a Eucatur porque esteve participando de eventos alusivos à data. “Não poderia deixar de comparecer aos festejos nessa data tão importante para a empresa pioneira em Rondônia no transporte de passageiros”, comentou ao recordar que, na época, o Incra dava total sustentação às pessoas que tinham que desmatar para assegurar a terra, pois o órgão tinha até avião para o desempenho do trabalho, não se esquecendo do trabalho realizado pelo ex-governador Jorge Teixeira na consolidação do Estado.

Airton Gurgacz assegurou que a sua família sempre investiu em Rondônia e vai permanecer no Estado porque é lugar de gente boa. Lembrou que já foi vice-governador de Rondônia e que hoje tem orgulho de ser deputado estadual, representando o povo e o próprio Estado. Ele não se esqueceu de falar das dificuldades enfrentadas e das doenças, como a malária, que atingia em cheio as pessoas.

Na ocasião, o deputado Luizinho Goebel (PV) enalteceu o trabalho da Eucatur. Segundo ele, a empresa faz parte da história de Rondônia. “Cheguei aqui, vindo do Paraná, em 1979, transportado pela União Cascavel. Sei que não é fácil manter uma empresa em atividade por tantos anos. A força da família Gurgacz tem o reconhecimento da população”, destacou.

A deputada Lúcia Tereza (PP) disse que contar a historia da família Gurgacz é contar a história de Rondônia. Ela fez questão de parabenizar a família Eucatur por ajudar a desenvolver o Estado.

Já o deputado Edson Martins (PMDB) elogiou a Eucatur. Lembrou que a empresa começou pequena e cresceu com trabalho sério. Observou que chegou a Urupá em 1984, enfrentando baldeação de ônibus, porque não havia pontes nas estradas. “Quando havia necessidade de se atender doentes, o transporte era a Eucartur, que salvou vidas. A empresa tem sim um trabalho social”, reiterou.

Ao lembrar que chegou a Rondônia em 1977, vindo do rio Grande do Sul, o deputado Adelino Follador (DEM) disse que o transportador foi a Empresa União Cascavel. Narrou que o ônibus chegou todo quebrado pelas péssimas condições das estradas. E destacou que só critica a empresa quem não conhece a sua história.

A deputada Rosângela Donadon (PMDB) parabenizou a família Gurgacz pelo pioneirismo no transporte de passageiros e o pioneirismo em Rondônia. Afirmou que não existia nem a BR e a Eucatur já atuava transportando pessoas no Estado. “É uma empresa que faz parte da história de Rondônia”, ressaltou.

Demonstrando emoção, o deputado Aélcio da TV (PP), na condição de profissional da imprensa, lembrou que a Eucatur trouxe cerca de 99% dos brasileiros que vieram para Rondônia. Informou que teve a oportunidade de fazer matérias jornalísticas mostrando o trabalho da empresa e a falta de condições das estradas e que participou das comemorações dos 25 anos da Eucatur em Rondônia.

“A gratidão é o maior reconhecimento do ser humano. Eu sou grato à Eucatur. Ela faz parte da minha história, pois tinha até passe livre para trabalhar no trajeto de Ariquemes a Ji-Paraná como funcionário de uma emissora de rádio. É uma empresa que faz sim um trabalho social”, relatou Aélcio da TV.

O deputado Só na Bença (PMDB) falou sobre a grande potência que hoje é a Eucatur. Parabenizou a empresa por proporcionar o engrandecimento de Rondônia e por continuar o trabalho social no Estado.

O deputado Léo Moraes (PTB) relatou que fez sua primeira viagem, com três meses de idade, pela Eucatur. “Essa empresa viveu o desbravamento do Estado e, por isso, é merecedora de todo sucesso, assim como a família Gurgacz”, afirmou.

Já o deputado Alex Redano (SD) também parabenizou a Eucatur. “Tenho boas lembranças das viagens com meus familiares de Ariquemes para Porto Velho. São as melhores recordações da minha família. Foram viagens inesquecíveis com o meu saudoso pai, através da Eucatur. A trajetória dessa empresa é gratificante. Ela passou por dificuldades, mas sempre voltada para o social”, destacou.

 

Empresa

A Eucatur (Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo) foi fundada em 1964 por Assis Gurgacz e sua esposa Nair Gurgacz. No começo, Assis dedicou-se ao ramo de comércio ambulante. Depois passou a investir no transporte rodoviário de passageiros. Em 31 de março adquiriu um ônibus e a linha de Cascavel (PR) a Santa Tereza (PR). A Eucatur é uma companhia brasileira de transportes rodoviários de passageiros e cargas, transporte urbano de passageiros e táxiaéreo. Começou pequena e hoje conta com 43 anos de Rondônia, sendo pioneira no ramo do transporte de passageiros.


ALE/RO - DECOM - [Carlos Neves]

Foto: José Hilde