Ampliação do prazo para o CAR discutido em reunião na Assembleia Legislativa

por Igor_Cruz — publicado 20/04/2016 11h37, última modificação 20/04/2016 11h37
Lazinho da Fetagro explica situação em reunião da Comissão de Agropecuária e Política Rural...


O presidente da Comissão de Agropecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa, Lazinho da Fetagro (PT), em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (20), no Plenarinho explicou que faltam apenas serem sancionadas pela presidente Dilma Rousseff as emendas estendendo o prazo do Cadastro Ambiental Rural (CAR) até 31 de dezembro de 2017.

Lazinho citou que também está prevista a possibilidade de prorrogação do CAR por mais um ano. “Só falta a assinatura da presidente. Acredito que ela assinará logo, porque todos estão cientes de que a medida é necessária para garantir a contratação de operações de crédito rural e das renegociações”, destacou o parlamentar.

O deputado Adelino Follador (DEM) afirmou que não houve tempo hábil para que os produtores de Rondônia se cadastrassem. “Seria um prejuízo imenso para todos os proprietários rurais, mas como sempre os pequenos sofreriam bem mais”, acrescentou.

O deputado Ribamar Araújo (PR) disse que ampliar o prazo do CAR é uma necessidade. Ele lembrou que não existe estrutura suficiente no poder público para cadastrar rapidamente todos os produtores.

Adelino Follador também solicitou a Lazinho que acione a Agência Idaron para que seja monitorada a saída de bezerras do Estado. “Sabemos que havia muito bezerro, mas saiu uma quantidade grande recentemente. Isso é preocupante, porque o número de matrizes diminui”, detalhou.

Lazinho da Fetagro se propôs a entrar em contato com a Idaron, explicando não haver problema na saída do excesso de bezerros. “Mas é importante ficar atento à questão”, completou.


ALE/RO - DECOM - [Nilton Salina]

Foto: Ana Célia

registrado em: