Apoio para a saúde de Jaru é discutido na Assembleia Legislativa

por Igor_Cruz — publicado 29/09/2015 18h45, última modificação 29/09/2015 18h45
Deputados, secretário estadual de Saúde, prefeito em exercício e vereadores debatem parceria...

 

Enfrentando dificuldades para manter um serviço adequado de saúde, o prefeito em exercício de Jaru, Inaldo Pedro (PP), buscou apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP), dos deputados estaduais e do secretário de Estado da Saúde, Williames Pimentel.

Recebido pelos deputados Lazinho da Fetagro (PT), Marcelino Tenório (PRP), Dr. Neidson (PTdoB), Alex Redano (SD) e Só na Bença (PMDB), o prefeito, acompanhado dos vereadores Eneir Martins (PSDB), Cássia do João da Muleta (PMDB) e Moisés da Manaim (PDT) pediu reforço para melhorar o atendimento aos pacientes do município.

“A saúde é um setor que exige a cada dia mais investimentos e melhorias, para atender com dignidade a quem precisa. Estamos acompanhando as dificuldades dos municípios e nos colocando à disposição para intermediar uma parceria com o governo”, destacou Maurão.

O prefeito relatou que a prefeitura investe 22% do orçamento próprio na saúde, mas o atendimento não tem sido o suficiente. “Mesmo gastando mais do que o previsto em lei na saúde, o serviço oferecido é abaixo do que o povo precisa. Estamos pedindo o apoio para melhorar e atender com mais dignidade”, informou Inaldo.

Pimentel anunciou que, embora a pasta enfrente dificuldades para equilibrar as contas, tem feito parcerias e investido na melhoria de toda a rede. “Não temos folga de caixa, mas agindo com responsabilidade e sem desperdiçar recursos, estamos avançando, estabelecendo parcerias e melhorando a saúde”, garantiu.

O secretário disse que uma equipe da Sesau vai até Jaru, ainda nesta semana, para fazer um diagnóstico das necessidades e da capacidade de absorção que a rede municipal possui atualmente. “Com base nessas informações, vamos estabelecer uma parceria e para isso conto com o apoio dos parlamentares”, completou.

 

Emendas para custeio

Durante a reunião, o titular da Sesau sugeriu que os parlamentares apresentem emendas ao orçamento, para o custeio e manutenção das unidades de saúde.

“Destinar recursos para a compra de equipamentos e material pênsil (seringas, luvas, agulhas, etc) é muito mais viável e atende às necessidades dos municípios”, finalizou Pimentel.

 

ALE/RO - DECOM - [Eranildo Costa Luna]

Foto: Marisvaldo José

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.