Apoio para agremiações do Flor do Maracujá discutido na Assembleia

por Igor_Cruz — publicado 06/04/2016 01h42, última modificação 06/04/2016 01h42
Em sua 35ª edição, arraial é um marco na cultura e no folclore de Rondônia...


A discussão de apoio para as quadrilhas juninas e bois-bumbás, que se apresentam durante o Arraial Flor do Maracujá, em Porto Velho, foi discutido nesta terça-feira (5), em reunião na Assembleia Legislativa.

O presidente da Casa, Maurão de Carvalho (PMDB), e o deputado Léo Moraes (PTB) debateram com o presidente da Federação de Quadrilhas, Bois Bumbás e Grupos Folclóricos no Estado de Rondônia (Federon), Fernando Rocha, o tesoureiro Severino Castro, o assessor de comunicação Sílvio Santos e o presidente da quadrilha junina Nova Estação, Alan Bergson.

Para ampliar as discussões, os parlamentares definiram para a próxima segunda-feira (11), às 15h, a realização de uma audiência pública para debater a cultura popular e em especial o Arraial Flor do Maracujá.

“Vamos trazer este tema para a pauta, já que a cultura popular precisa ser valorizada e fortalecida. O Flor do Maracujá é a maior festa folclórica de Rondônia e precisa ser apoiada”, disse Maurão.

Para um segundo momento, a ideia é buscar recursos para apoiar as agremiações que se apresentam no Arraial. No ano passado se apresentaram 23 quadrilhas e 10 bois bumbás, em 12 noites.

“Fiz um compromisso de liberar recurso de emenda para apoiar as agremiações e, junto com o presidente, vamos buscar mais apoio junto aos demais deputados, para que a festa possa ganhar ainda mais brilho”, completou Léo.

 

ALE/RO - DECOM - [Eranildo Costa Luna]

Foto: Marisvaldo José

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.