Assembleia entrega Voto de Louvor a personalidades de Cacoal

por Igor_Cruz — publicado 12/05/2016 16h06, última modificação 12/05/2016 16h06
A deputada Glaucione Rodrigues homenageou o comandante da PM, e diretores da Unesc e do jornal Tribuna Popular...

 

Na manhã desta quinta-feira (12), no Plenário da Assembleia Legislativa, durante Sessão Solene proposta pela deputada Glaucione Rodrigues (PMDB), foram entregues títulos de Louvor a personalidades de Cacoal. Foram homenageados o jornal Tribuna Popular, a Faculdade Unesc e ao coronel Sityá.

A deputada Glaucione Rodrigues saudou individualmente aos homenageados, reafirmando que o seu trabalho é voltado para o resgate da autoestima de Cacoal. Ao mudar de partido (deixou o PSDC) disse, foi em busca de parceiros e força política para fazer a diferença.

Glaucione parabenizou o trabalho dos agraciados. Ao comandante Paulo Sérgio Sityá salientou o trabalho em equipe, da conquista do videomonitoramento na cidade e elogiou o melhor canil da PM do Estado. Reforçou a importância do jornal A Tribuna Popular e da Unesc e do quanto ambos ajudaram no crescimento da Capital do Café.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Maurão de Carvalho (PMDB), disse que o que se leva da vida é o reconhecimento, “pois é sinal que nossa marca e legado ficaram”, ressaltou o parlamentar. Lembrou do período que iniciou na região de Ministro Andreazza e Cacoal e “o Perin já estava lá, trabalhando pelo crescimento da região”.

Foi enfática na homenagem concedida ao coronel Sityá, “que neste momento representa toda a corporação que tanto honra o estado de Rondônia”, argumentou Glaucione.

 

Convidados

O diretor geral do Departamento de Trânsito (Detran), José de Albuquerque Cavalcante disse que esta homenagem é um reconhecimento àqueles que plantaram boas sementes, que cresceram e frutificaram. São pessoas que honram a terra de Cacoal.

Diretor Tesoureiro da OAB, Fernando Maia, disse estar feliz por poder participar deste momento histórico de homenagem a uma instituição de ensino, que forma cidadãos, a um jornal que forma opinião e a um militar, que dificilmente são lembrados, homenageados.

Representando a Câmara Municipal de Porto Velho, vereador Everaldo Fogaça (PTB), por ser de Cacoal, se disse emocionado em falar de cada um dos agraciados. Especialmente ao Perin, por ter iniciado sua vida profissional como vendedor de jornal e ter presenciado o crescimento da estrutura da faculdade. Parabenizou a parlamentar e aos agraciados pelo momento importante.

O comandante geral da Polícia Militar de Rondônia, coronel Ênedy Dias de Araújo, exaltou os homenageados, mas especialmente o reconhecimento ao coronel Sityá, comandante do Grupamento de Polícia pela dedicação à cidade de Cacoal e agradeceu a deputada Glaucione pela ajuda com emenda para instalar o videomonitoramento da cidade, que é um dos mais modernos do estado.

O deputado Hermínio Coelho (PDT) ressaltou o trabalho da deputada Glaucione e espera que a parlamentar, sendo prefeita de Cacoal, possa ajudar a tornar o município mais pujante, em conjunto com os homenageados.

O deputado Aélcio da TV (PP) falou de sua origem em Cacoal e das dificuldades de se abrir uma faculdade e um jornal ainda nos anos 80 em Rondônia, quando havia pouca estrutura e a tecnologia arcaica. “Energia elétrica era por algumas horas ao dia, mas tudo foi superado pelo pioneirismo e empreendedorismo destes lutadores”, disse o deputado.

O chefe da Casa Civil, representando o governador Confúcio Moura (PMDB), Emerson Castro, falou em dados da Educação e Segurança Pública, tanto no país quanto em Rondônia, ressaltando a importância dos homenageados, quando o Estado reduziu números da violência e a educação obteve grandes progressos, devido o trabalho desenvolvido nestas áreas.

Em relação ao proprietário do jornal Tribuna Popular, Adair Perin, falou da responsabilidade de bem comunicar e reverenciou o trabalho de toda equipe. É através da comunicação que chega a todos os lares as informações, que funciona como fiscais da administração pública denunciando quando for necessário e ressaltando os acertos.

“A todos os homenageados, obrigado pelas décadas de trabalho que ajudaram a construir este Estado próspero”, concluiu Emerson.

 

 Homenageados

O proprietário e fundador do semanário Tribuna Popular disse que tem realizado este trabalho com muito amor e dedicação por Cacoal. São 35 anos de atuação que tem continuidade em sua filha, Giliane Perin, que é formada em jornalismo e continuará o legado. “Muito obrigado a todos”, finalizou.

Da Faculdade Integrada de Cacoal, Unesc, o professor Ismael Cury repartiu a homenagem com os amigos e colaboradores que ajudaram a fundar e a construir a instituição. Lembrou vários nomes, entre eles o do atual diretor do Detran, José Albuquerque que muito o ajudou.

O comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar em Cacoal, Paulo Sérgio Sityá, disse que esta honraria é de todos os policiais militares que tanto labutam pela segurança em Cacoal, com o apoio da comunidade. Agradeceu ao apoio da deputada Glaucione para a aquisição dos equipamentos para videomonitoramento.

Como gestor usaram da tecnologia para auxiliar na Segurança Pública, criando grupos no aplicativo watsapp de empresários, de escolas, de bairros e com isso se conseguiu prender e reduzir números da violência em Cacoal, pois a comunidade avisa de ocorrências, tendo em vista o baixo efetivo.

 

Quem é Quem

Paulo Sérgio Gomes Sityá, gaúcho de Uruguaiana, 47 anos, é formado em Administração de Empresas pela PUC-RS. Como militar, teve uma trajetória marcada por conquistas, participando de cursos e estágios militares. Condecorado com a Medalha de Dedicação Policial Militar, Medalha Imperador Dom Pedro II, entre outras honrarias.

Ingressou na Polícia Militar de Rondônia (PMRO) em 1995 quando foi declarado Aspirante a Oficial, sendo promovido sistematicamente até que atingiu o posto de Tenente Coronel em abril de 2015, passando por diversos postos dentro da corporação. Hoje exerce o cargo de comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, em Cacoal. 

 

Unesc

A Faculdade Integrada de Cacoal (Unesc) é uma instituição de ensino mantida pela Associação Educacional de Rondônia, fundada em 14 de março de 1985. Teve origem com a criação da primeira faculdade particular do estado, em 1987, com o curso de Pedagogia. Mas já em 1985 ministrava curso preparatório para o vestibular em sala de aula alugada em escola de ensino fundamental e médio de Cacoal.

Hoje a Unesc cresceu e sua estrutura física dispõe de 12 blocos totalizando aproximadamente 20 mil m² de construção, distribuídos em prédios de até três pavimentos para atender cerca de 20 cursos de graduação além de diversas pós-graduações.

 

Tribuna Popular

A história deste periódico está intimamente ligada ao desenvolvimento da Amazônia. Com a expansão do território, a Amazônia atraiu, a partir da década de 70, um grande contingente populacional para Rondônia. Após este auge, surge em 1980, o primeiro jornal do município de Cacoal, sendo hoje o mais antigo do interior e o segundo no Estado, perdendo apenas para o Alto Madeira, da capital.

O Tribuna Popular (TP) foi fundado por Adair Antônio Perin, nascido em Chapecó, Santa Catarina, em 1953. A vocação para o jornalismo iniciou ainda quando estudante na cidade de Toledo, no Paraná, quando ele e um colega imprimiam em um mimeógrafo, O Reflexo, jornal voltado para a comunidade escolar.

Em 1979, Perin veio a Rondônia visitar parentes em Cacoal e percebeu a ausência de veículos de comunicação. As informações que chegavam de fora vinham com atraso. E em 1980 fundou o Tribuna Popular, que mesmo com muitas dificuldades conseguiu ser impressa e entregue no comércio local.

“Desta forma recebi dos empresários pelos espaços vendidos e paguei a gráfica”, conta o entusiasmado Perin.

Hoje o jornal é impresso em máquina off set e tem tiragem semanal de 3 a 5 mil exemplares. Ele é distribuído em Cacoal e nas principais cidades da região central. Além do “seu” Perin, conta com o trabalho da filha, a jornalista Giliane Perin e o diretor administrativo Tales Donat Perin. Também conta com diagramador, impressor além de colaboradores que escrevem para o semanário.

 

ALE/RO - DECOM - [Geovani Berno]

Foto: Ana Célia e José Hilde



FOTOS