Comissão de Direitos Humanos debate sistema socioeducativo

por Igor_Cruz — publicado 14/06/2017 16h50, última modificação 14/06/2017 16h50
Deputados querem que o sistema seja aprimorado e tenha uma administração eficiente...

 

Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania (Cddhc), presidida pelo deputado Léo Moraes (PTB) em reunião ordinária na tarde desta quarta-feira (14) debateu questões referentes ao sistema socioeducativo, defendendo aprimoramento e melhor gestão.

Segundo Léo, o sistema socioeducativo atrelado a Sejus acaba por ficar em segundo plano e sem a devida atenção por parte do governo. Sugeriu que fosse criada uma empresa pública com a finalidade de aproveitar os internos para o proveito na sociedade.

O deputado Anderson do Singeperon (PV) defendeu junto ao sistema socioeducativo melhor gestão com responsabilidade. Segundo o parlamentar ele é utilizado hoje para tapar buracos do sistema prisional. “Os adolescentes, da forma como está sendo gestado, saem do socioeducativo e incham o sistema prisional”, declarou o parlamentar.

A comissão aprovou recomendação para o que for discutido ou decidido relativo ao sistema socioeducativo e prisional dentro da Sejus, seja feito com a participação da Assembleia.

Também participaram da reunião os deputados Jesuíno Boabaid (PMN) e Alex Redano (PRB).

 

ALE/RO - DECOM – Geovani Berno

Foto: Lusãngela França