Comissão de Educação recebe esclarecimentos da Sesdec

por Igor_Cruz — publicado 18/05/2016 14h18, última modificação 18/05/2016 14h18
Lúcia Tereza afirma que onda de crimes e violência estaria prejudicando transporte escolar...

 

A presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, Lúcia Tereza (PP), na reunião desta quarta-feira (18), leu a resposta ao ofício encaminhado ao governo do Estado solicitando informações quanto às políticas adotadas por parte da Secretaria de Estado de Segurança (Sesdec) para combater a onda de violência e crimes na região de Ariquemes e Vale do Jamari.

Segundo Lúcia Tereza, o transporte escolar na região estaria prejudicado em razão da situação de violência. A resposta ao ofício foi encaminhada pelo secretário executivo do gabinete do governo, Waldemar Cavalcante Filho, que anexou posicionamento da Sesdec quanto ao problema.

De acordo com o órgão de segurança, o combate à violência, em especial no assentamento Terra Prometida e região rural do Estado, não estaria unicamente relacionado a ações na área de segurança pública estadual.

Segundo a Sesdec, os fatos estariam diretamente ligados a problemas de conflitos agrários resultantes da falta de ações efetivas de reforma agrária pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (Incra), cujas atuações são muito modestas ou até inexistentes.

A Sesdec comunicou ter conhecimento que o Vale do Jamari, historicamente, figura como a região do Estado com os maiores índices de criminalidade. Diante dos fatos, o órgão alegou que nos últimos anos vem adotando uma política de priorização nas ações de combate ao crime na região.

A pasta relatou que, além do envio permanente de efetivo de policiais militares formados no ano de 2012 para atuar nos quartéis da região, recentemente também foi intensificado o policiamento com efetivo de outras localidades do Estado, através do patrulhamento rural, bem como de força tarefa com policiais civis para apoiar as ações de investigações dos crimes.

Destacou que a região também conta com o apoio de efetivo da Força Nacional de Segurança no patrulhamento ostensivo da zona Rural, complementando o trabalho realizado pela Polícia Militar.

Em relação às denúncias que relataram a interrupção das atividades escolares de alunos do assentamento Terra Prometida, a Sesdec esclareceu que todas as medidas necessárias estão sendo adotadas para garantir a manutenção das condições de segurança locais.

O objetivo, segundo o órgão, é permitir o deslocamento dos alunos até a unidade escolar, inclusive com a intensificação do patrulhamento na região e escolta dos ônibus escolares pela Polícia Militar.

Também foram intensificadas as investigações por parte da Polícia Civil para identificar e responsabilizar as pessoas que estão causando transtornos na região.

 

Convites

A Comissão de Educação recebeu da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais convite para participar do debate público Base Nacional Comum Curricular: Em busca da qualidade e da equidade na educação.

O deputado Ribamar Araújo (PR) representará a comissão no evento, que será realizado no dia 30 de maio, de 10h às 17h, no plenário da Assembleia de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Na oportunidade, serão reunidas as contribuições das Casas Legislativas para alinhamento e construção de pauta nacional

O deputado Aélcio da TV (PP) representará a comissão na Solenidade de Lançamento do Movimento Rondônia pela Educação. O convite foi feito pela Fiero e o evento será realizado no próximo dia 23, no Teatro Guaporé, em Porto Velho.

Também participaram da reunião da Comissão de Educação os parlamentares Adelino Follador (DEM) e Rosângela Donadon (PMDB).

 

ALE/RO - DECOM - [Juliana Martins]

FotoJosé Hilde


FOTOS