Comissão de Saúde recebe resposta da Sesau sobre Força Tarefa em Jaru

por Igor_Cruz — publicado 18/02/2016 12h05, última modificação 18/02/2016 12h07
Documento encaminhado a Assembleia Legislativa diz que falta organização na saúde pública do município...

 

Na primeira reunião da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social de 2016, realizada na tarde de quarta-feira (17) na Assembleia Legislativa, o presidente, Dr. Neidson (PTdoB) leu o ofício da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), em resposta Recomendação Legislativa nº 002/2015.

O documento da Sesau, responde a solicitação da comissão quanto ao cumprimento de um compromisso firmado entre o Estado e o município de Jaru.

Quanto ao acordo firmado, caberia ao governo do Estado encaminhar uma Força Tarefa para a manutenção da saúde pública do município, auxiliando a recuperação das ações exercidas pelo centro cirúrgico do Hospital Municipal Sandoval de Araujo Dantas.

De acordo com o ofício, a Sesau informa que o principal diagnóstico encontrado para justificar o caos na saúde pública de Jaru foi o reflexo da falta de organização da gestão municipal.

Segundo o relatório, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), dispunha de condições assistenciais e financeiras para resolver todas as pendências. A equipe da Sesau teria constatado, por meio de planilhas e demonstrativos financeiros, que existe recurso financeiro para sustentabilidade da secretaria do município, evidenciada pelo saldo positivo em conta própria do Fundo Municipal de Saúde (FMS).

A equipe técnica relatou que o pagamento de contas a prestadores de serviços estão em dia por meio da utilização de recursos próprios e pelos recursos emanados de outras fontes, porém não existe metodologia para sua aplicabilidade.

Quanto à disponibilização de um médico anestesiologista, fator proposto na Recomendação Legislativa, a Sesau garantiu que um profissional da área ficará à disposição do Hospital de Jaru, em regime de plantão semanal.

Porém, cita o ofício, desde que sejam apresentados, por parte da Semusa, documentos que comprovem o cumprimento das correções sugeridas para a melhoria do ambiente, recuperação e aquisição dos equipamentos cirúrgicos elencados no relatório e a confecção de um cronograma para a realização das cirurgias eletivas.

Os demais membros da comissão, deputados Alex Redano (SD), Rosângela Donadon (PMDB), além dos deputados convidados, Edson Martins (PMDB) e Ezequiel Júnior (PSDC), acompanharam o presidente que disse ter ficado satisfeito diante da resposta da Sesau.

 

ALE/RO - DECOM - [Juliana Martins]

Foto:  José Hilde