Comissão de Segurança Pública convida secretário para esclarecimentos

por Igor_Cruz — publicado 07/03/2017 11h55, última modificação 07/03/2017 11h55
Distorção nas informações divulgadas nos sites e no que foi apurado foi o motivo do convite...

 

A Comissão de Segurança Pública (CSP), sob a presidência do deputado Jesuíno Boabaid (PMN), em reunião nesta terça-feira (7), deliberou para convidar o secretário de Justiça do Estado, Marcos Rocha, para prestar esclarecimentos sobre a questão da revista realizada no presídio Urso Branco e caso ocorrido com uma servidora da Corregedoria da Polícia Civil.

O deputado Anderson do Singeperon (PV) disse que, após a revista no presídio Urso Branco, na capital, as informações divulgadas pelo site de notícias G1 são diferentes do que efetivamente foi encontrado durante a revista e que consta no Boletim de Ocorrência.

Para o parlamentar é preciso que se apure para saber “se o site colocou palavras na boca do secretário ou se ele mentiu ao passar as informações”. Outra questão que o deputado Anderson ressaltou é a denúncia contra o corregedor da Polícia que teria abonado a folha de ponte de servidora que estava em viagem aos Estados Unidos sem estar em período de férias.

Boabaid disse que se poderia já instaurar processo contra o secretário Marcos Rocha e ao Corregedor, tendo em vista a consistência do material que o deputado Anderson apresentou, havendo sim a necessidade de esclarecimento dos dois entes públicos.

Desta forma, já ficaram convidados a vir prestar esclarecimentos junto à Comissão na próxima terça-feira (14), às 8h30, no Plenarinho da Assembleia Legislativa.

O deputado Dr. Neidson (PMN) acompanhou o voto para a expedição do convite.

 

ALE/RO - DECOM - [Geovani Berno]

Foto: José Hilde


FOTOS