Comissão de Segurança Pública vai apurar supostas denúncias de associações militares

por Igor_Cruz — publicado 15/03/2016 16h23, última modificação 15/03/2016 16h23
Falta de transparência e de imparcialidade no processo seletivo teria provocado denúncias dos das entidades...


O presidente da Comissão de Segurança Pública, Jesuíno Boabaid (PTdoB) na reunião desta terça-feira (15), no Plenarinho da Assembleia Legislativa, leu a Nota de Repúdio divulgada pelas associações representativas da Polícia Militar de Rondônia.

Na nota, as entidades criticam à aplicação das provas do Processo Seletivo Interno (PSI) de 3º Sargento PM, que de acordo com o documento, teria demonstrado “desde a chegada dos envelopes com as provas até a sua finalização, total falta de transparência e imparcialidade do certame”.

As associações afirmam que vários pontos negativos teriam sido identificados pelos candidatos e que por motivo de militarismo não puderam se manifestar no momento da lavratura da Ata, pois a própria instituição militar teria aplicado as provas.

“Com isso, os candidatos ficaram com medo de retaliações e ao questionar os motivos que estavam ocorrendo erros, foram praticamente obrigados a se calar”, diz a Nota de Repúdio, lida pelo parlamentar.

Ainda na nota, as associações decidem que, por considerarem vários erros graves, constatados durante a realização das provas do PSI, além de repudiarem veementemente o concurso interno realizado pela PM, pedem também, o cancelamento do certame.

Com a aprovação dos demais participantes da reunião, deputados Léo Moraes (PTB) e Dr. Neidson (PMN), o conteúdo da nota será apurado, assim como as condutas tomadas durante o certame. Para Boabaid, é incabível a mesma instituição ser responsável pela aplicação das provas.

“Para garantir mais lisura e transparência e evitar esse tipo de problema deveria existir uma instituição independente para a realização das avaliações”, declarou o presidente da comissão.

 

ALE/RO - DECOM - [Juliana Martins]

Foto: José Hilde

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.