Consórcio Brasil Central se reúne em Porto Velho em dezembro

por Igor_Cruz — publicado 06/10/2015 11h13, última modificação 06/10/2015 11h13
Participação de Rondônia no bloco é discutida na Comissão de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia...

 

O Consórcio Brasil Central foi destacado nesta terça-feira (6) pelo presidente da Comissão de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, Aélcio da TV (PP). Ele explicou que a reunião do bloco em Porto Velho será no próximo mês de dezembro.

Aélcio da TV participou de reunião do Consórcio Brasil Central realizada em Campo Grande (MS) e disse ter ficado surpreso com os números da economia do Mato Grosso do Sul.

“A população não é muito maior do que a de Rondônia”, explicou Aélcio da TV, exemplificando que o Mato Grosso do Sul tem 2,5 milhões de habitantes, enquanto Rondônia tem 1,8 milhão.

“Mas os números do Mato Grosso do Sul são impressionantes. Em relação a grãos, representa 12% do que é produzido no Brasil. O turismo também é muito forte”, adiantou Aélcio da TV.

O parlamentar citou que a economia de Rondônia tem crescido muito, lembrando que o Estado já esteve em 5º lugar em renda per capta, mas agora está em primeiro.

“É claro que Pará e Amazonas arrecadam mais, mas quando a riqueza é dividida pelo número de habitantes, Rondônia fica em primeiro lugar”, especificou Aélcio da TV.

O deputado Léo Moraes (PTB) parabenizou o deputado Aélcio da TV e elogiou o trabalho desenvolvido pelo governo do Mato Grosso do Sul.

Segundo ele, integrar esse bloco é saudável para a economia de Rondônia. “Precisamos ficar antenados para as diferenças entre os Estados, para que nossa economia continue crescendo”, acrescentou.

O deputado Airton Gurgacz (PDT) disse que tem acompanhado o crescimento de Rondônia. Para ele, participar de blocos pode ser a saída para o fortalecimento econômico do Estado.

 

ALE/RO - DECOM - [Sergio Pires]

Foto: Ana Célia