Deputado Alex Silva defende que boletim de ocorrência de violência doméstica possa ser feito online

por Laila Luana Costa Moraes publicado 16/04/2020 11h38, última modificação 16/04/2020 11h38
Para o parlamentar, com o isolamento social, muitas mulheres acabam sendo vítimas de violência e o registro pela internet facilita as denúncias

Neste período de pandemia do Covid-19, onde as famílias estão na quarentena, as residências deveriam ser um lugar de acolhimento e segurança, mas segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 42% dos casos de violência e agressão acontecem dentro de casa, nos momentos de maior convivência familiar e geralmente nos finais de semana.

No intuito de conter a violência doméstica que vem aumentando todos os dias durante essa quarentena, o deputado Alex Silva (Republicanos) indicou à Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), que os boletins de ocorrência para as vítimas de violência doméstica, possam ser feitos de modo on-line pela delegacia virtual.

O parlamentar contou que a medida será usada como mais uma ferramenta em meio à pandemia para ajudar a população, e que não excluirá as denúncias presenciais, como nos casos de estupro, que não se inclui à regra, que já está sendo implementada com sucesso no Estado de São Paulo, razão pela qual foi feita essa solicitação para Rondônia.

"Imagina quantas mulheres durante essa quarentena, estão sofrendo agressão dentro de casa. As dificuldades financeiras e o isolamento social são alguns motivos, por isso acreditamos ser de extrema importância que as denúncias de violência doméstica, também possam ser feitas de maneira virtual em todo o Estado", afirmou o deputado.

Hoje, a Delegacia Eletrônica do Estado só aceita boletins de ocorrência em categorias específicas como furto, roubo, extravio/perda e acidente de trânsito.

Texto e foto: Assessoria