Deputado Ismael Crispin busca melhorias para cadeia produtiva do café

por Laila Luana Costa Moraes publicado 22/01/2021 11h42, última modificação 22/01/2021 11h42
Rondônia vem se destacando no cenário nacional como um dos maiores produtores de café do Brasil

Com intuito de incentivar a cadeia produtiva de café do Estado de Rondônia, o deputado Ismael Crispin (PSB) requereu ao presidente da Agência de Defesa Sanitária Agrosilviopastoril (Idaron), a criação de um Órgão de Pesquisa Agropecuária; criação do Fundo de Amparo aos viveiristas que apresentem nas mudas a presença de nematoide do gênero Meloidogyne ssp e apresentação de ações de sustentabilidade do setor.

O parlamentar solicitou ainda, a extinção, na Portaria da Idaron nº558/2016, da necessidade de encaminhar a amostra do café com a presença de solo, somente para as raízes em consonância com a Instrução Normativa do MAPA nº 35; em caso de subparcela positiva de presença de nematoide do gênero Meloidogyne ssp que não haja interdição total do viveiro e sim a parcela em questão e a obrigatoriedade da análise de qualidade para nematoide do gênero Meloidogyne ssp em viveiros para uso próprio.

Em sua justificativa, Ismael Crispin destacou que o Estado de Rondônia vem se destacando no cenário nacional como um dos maiores produtores de café do Brasil. “Somos o quinto maior produtor de café do país e estamos entre os três maiores estados produtores da espécie canéfora (Robusta e Conilon). Essas demandas apresentadas ao Idaron estão dificultando o trabalho dos nossos produtores de café e por isso esperamos a atenção devida ao nosso pleito”, finalizou.

Texto: Laila Moraes-ALE/RO

Foto: Marcos Figueira-ALE/RO