Deputado Lebrão recebe comitiva de moradores de União Bandeirantes que acamparam em Porto Velho e pedem socorro para a região

por Ronaldo Afonso do Amaral publicado 26/11/2019 10h37, última modificação 26/11/2019 10h37
Crianças estão sem aula desde 2108, e que já existe o êxodo rural nestas localidades pela falta de oportunidade de estudar


A falta de transporte escolar, estradas em péssimas condições e o descaso do poder público, fez com que moradores do distrito de União Bandeirantes, acampassem na sede da Câmara Municipal de Porto Velho, e na manhã desta terça-feira (26), se reuniram, na Assembleia Legislativa com o deputado estadual Lebrão (MDB) para pedir socorro para as demandas da região.  

Segundo a comitiva, os moradores de União Bandeiras, Nova Califórnia, Vista Alegre do Abunã, Rio Pardo e Extrema sofrem com a falta de assistência do poder público, crianças estão sem aula desde 2108, e que já existe o êxodo rural nestas localidades pela falta de oportunidade de estudar. 

A presidente da Associação de moradores de União Bandeirantes, Neuza Piont disse que a pior situação está na questão da falta de infraestrutura nas estradas, especialmente da RO-101, e a falta de médicos no posto de saúde da região. 

O deputado Lebrão destacou que a cobrança é justa, e que o Departamento de Estradas de Rodagens e Infraestrutura (DER) precisa, urgentemente, atender essa solicitação da comunidade, pois já consta no cronograma do Estado, “ Todos os governos já fizeram essa manutenção da 101, mas o DER declara que a área não é de competência do Poder Executivo e sim do município de Porto Velho”, relatou. 

O parlamentar anunciou a comitiva que essa cobrança passa a ser também da Assembleia Legislativa, “pois sabemos que a falta de investimento prejudica todos os setores dessas regiões. Temos aí um êxodo rural grave, pois cerca de 400 alunos já saíram de suas localidades em busca de estudo. Não podemos admitir que isso continue acontecendo, situação grave e que nos comove em saber que os moradores sofrem pela falta do que é básico para uma vida digna”, frisou. 

O presidente da Associação da Linha- 7, Denilton de Oliveira disse que é de cortar o coração vê as crianças sem aulas. “Queremos saber qual a posição do nosso prefeito para tentar resolver essa situação. Estamos abandonados em União Bandeirantes", disse. 

O morador Vanderson de Souza Mirante falou que o mais importante, neste momento, é a compra definitiva dos ônibus, para o transporte escolar, e a recuperação da RO-101, estamos abandonados, sofrendo e ninguém quer olhar pelos nossos problemas. Só vamos sair de Porto Velho após uma resposta positiva sobre nossas necessidades”, finalizou.

Texto: Eláine Maia-Decom-ALE/RO

Fotos: José Hilde-Decom-ALE/RO



Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.