Geraldo da Rondônia se manifesta sobre caso de camelôs em Ariquemes

por Igor_Cruz — publicado 09/05/2017 17h08, última modificação 09/05/2017 17h08
O parlamentar afirmou que os comerciantes foram tratados de forma bruta por autoridades...

 

O deputado Geraldo da Rondônia (PSC) se pronunciou, em sessão na tarde desta terça-feira (9), quanto a operação da Policia Federal em conjunto com a Receita Federal que apreendeu vários produtos de camelôs licenciados no município de Ariquemes.

Segundo o parlamentar, houveram muitas reclamações de comerciantes e empresários pela forma arbitrária e sensacionalista que as autoridades trataram o caso. De acordo com Geraldo, houve suspeita de que estariam contrabandeando produtos cotidianos como calcinhas e cuecas nas fronteiras para venda em Ariquemes. “Eles, por conta de uma suspeita, levaram todas as mercadorias de pessoas humildes, tratando-as como se fossem criminosos”, afirmou o deputado.

Ainda segundo Geraldo, muitos dos comerciantes ainda, foram ameaçados de serem conduzidos juntos com a mercadoria. “São pessoas que tem autorização para vender produtos nos lugares em que se encontram. Não se pode simplesmente tirar o sustento de alguém por conta de suspeitas”, complementou.

O parlamentar, por fim, afirmou que as autoridades deveriam investigar mais a fundo e usar o bom senso, principalmente nas horas de abordagem. “Eles não podem esquecer que estão tratando pessoas humildes que tiram seu sustento daquilo. Estarei sempre lutando pelos pequenos trabalhadores”, concluiu.

 

ALE/RO - DECOM – Isabela Gomes

Foto: José Hilde

registrado em: