Lazinho da Fetagro pede mais apoio aos apenados do semiaberto

por Igor_Cruz — publicado 20/10/2015 20h09, última modificação 20/10/2015 20h09
O deputado anunciou ainda que a área da Emater não pertence a Rondônia, mas a União...

 

O deputado Lazinho da Fetagro (PT), em discurso da tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira (20), pediu mais apoio aos apenados que estão prestes a retornar ao convívio em sociedade por conta do cumprimento da pena e que trabalham na confecção de bolas, roupas, artesanato, etc.

“Estive visitando os apenados que estão no presídio Ênio Pinheiro, os que estão no regime semiaberto, que trabalham com empolgação. Esse projeto é fantástico da Secretaria de Justiça e, também, do governo do Estado. Mas o mais importante é o trabalho executado pelos presos. Por isso, convido todos os parlamentares a visitarem essas pessoas que precisam de apoio e trabalham num ambiente não tão agradável”, comentou Lazinho.

Em aparte, o deputado Dr. Neidson (PTdoB) lembrou que os presos confeccionaram as fantasias de um dos bois que desfilaram no Duelo da Fronteira, em Guajará-Mirim. Disse que tem que se pensar numa política de melhoria de trabalho para os presos. Ele elogiou a abordagem de Lazinho da Fetagro e reiterou apoio aos apenados.

Para o melhor funcionamento do local de trabalho, o deputado Lazinho falou que doou recursos para a compra de fios para ligar as máquinas utilizadas pelos apenados. Segundo ele, as condições do local de trabalho é desumano, mas há necessidade de maior apoio e incentivo às pessoas que estão no final do cumprimento de pena e estão prestes a retornar ao convívio da sociedade.

Outro tema abordado pelo deputado Lazinho da Fetagro diz respeito ao setor de turismo de Rondônia. Enfatizou que pretende realizar uma audiência pública para discutir o assunto em Nova Mamoré, principalmente Nova Murtim.

Pediu apoio ao Dr. Neidson para que assinem conjuntamente o requerimento, já que entende que o potencial turístico de Rondônia é enorme, mas que não recebe o investimento necessário.

O deputado do PT destacou a audiência pública realizada no último final de semana no Distrito de União Bandeirantes. Falou ser importante que as famílias continuem produzindo e vivendo de forma digna naquela localidade. Reivindicou maior discussão sobre a terceira aproximação do Zoneamento Socioeconômico de Rondônia. O deputado Jean Oliveira (PSDB) disse que não pode participar da audiência pública em União Bandeirantes, mas apoiou totalmente.

Lazinho da Fetagro anunciou que chegou as suas mãos documento que a área de onde querem derrubar o prédio da Emater para transformar em estacionamento do Palácio Rio Madeira não pertence ao Estado, mas da União. Portanto, não pode ser utilizada com esse objetivo. “O documento põe por terra toda a ideia da derrubada do prédio”, comentou.

Jean Oliveira disse também que não concorda com a demolição do prédio para transformar em estacionamento. Ele falou ser contra a transferência da sede da Emater para outro local.

O deputado Adelino Follador (DEM) assegurou que a ideia da derrubada do prédio não partiu do governador Confúcio Moura. “É um prédio histórico. Aliás, a Emater é um órgão superimportante e não sabe porque surgem tantas notícias ruim sobre o órgão governamental”, completou.

 

ALE/RO - DECOM - [Carlos Neves]

Foto: José Hilde

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples.