Litígio fundiário de terras será discutido em audiência pública na Assembleia

por Igor_Cruz — publicado 06/06/2016 12h21, última modificação 06/06/2016 12h21
Evento ocorre na próxima quinta-feira (9), proposta pelos deputados Lazinho da Fetagro (PT) e Cleiton Roque (PSB)...

 

Os deputados Lazinho da Fetagro (PT) e Cleiton Roque (PSB) agendaram audiência pública na próxima quinta-feira (9), às 15h, no Plenário da Assembleia Legislativa para tratar sobre o litígio coletivo fundiário da Linha 45, no município de Candeias do Jamari. A área possui 29 mil hectares compreendidos pelos imóveis Brasileira, Scalerita e Terras da União, envolvendo mais de duas mil famílias que residem e produzem sobre a área.

A audiência, afirmam os parlamentares, tem a finalidade de buscar uma solução efetiva para o que chamam de “o maior conflito agrário do país”, levando-se em conta o tamanho da área e a quantidade de pessoas envolvidas.

A área está constituída numa região com cerca de dois mil moradores, escolas públicas, posto de saúde, supermercado, hotéis e comércio em geral, além de rede elétrica do Programa Luz Para Todos, ruas asfaltadas, entre outras.

Mas, explica Lazinho, a referida área gerou um litígio entre as partes que se estende ao longo de quase vinte anos, e que se apresenta hoje “como uma gigantesca demanda social, podendo, a qualquer momento, estourar num grave conflito com severas consequências e baixas de ambos os lados”.

Cleiton Roque confirma que a situação é grave devido ao elevado estado de animosidade que se verifica no local.

Os parlamentares pedem a urgente necessidade de uma intervenção rápida e eficaz dos órgãos envolvidos e responsáveis pela política urbana da União, do Estado e do Município de Candeias do Jamari, para se manifestar e apresentar interesse em pacificar e solucionar o conflito.

 

ALE/RO - DECOM - [Geovani Berno]

Foto: José Hilde