Membros da Umeron querem ampliar vagas de capelães da Polícia Militar

por Igor_Cruz — publicado 03/05/2018 12h03, última modificação 03/05/2018 12h03
Deputados acataram o pedido e vão fazer indicação ao Comando Geral e ao Governo...

 

A ampliação no número de vagas no quadro da Polícia Militar para a função de Capelão, foi defendida por membros da União dos Militares Evangélicos do Estado de Rondônia (Umeron), durante reunião com deputados estaduais, nesta semana.

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (MDB) e os deputados Ribamar Araújo (PR), Adelino Follador (DEM) e Alex Redano (PRB), se reuniram com o presidente da entidade, o tenente Manoel Diógenes, que estava acompanhado de integrantes da Umeron.

"Há pelo menos cinco anos que a corporação não conta com um capelão. A nossa intenção é que sejam criadas vagas específicas, para dedicação exclusiva ao trabalho de capelania, tão importante para os trabalhos espirituais junto à tropa", explicou Diógenes.

Para a Umeron, a criação de pelo menos quatro vagas na PM, distribuídas na capital e no interior, iria atender melhor aos policiais militares que necessitam de suporte espiritual, no exercício de suas funções, que exigem um esforço psicológico enorme, com riscos à vida constantes.

"Vamos subscrever, em conjunto, uma indicação ao Comando Geral da Polícia Militar e ao Governo, pedindo que essas vagas sejam criadas no âmbito da corporação. Essa matéria conta com o apoio integral dos deputados aqui presentes, e também dos demais parlamentares", garantiu Maurão.

 

ALE/RO - DECOM - Eranildo Costa Luna
Fotos: Ana Célia 




FOTOS




registrado em: