Ordem DeMolay recebe homenagem em Sessão Solene na Assembleia Legislativa

por Igor_Cruz — publicado 17/03/2017 13h15, última modificação 17/03/2017 13h31
Deputado Ribamar Araújo promoveu momento solene para homenagear os jovens maçons...


O deputado Ribamar Araújo (PR), realizou na manhã desta sexta-feira (17), às 9h no Plenário das Deliberações da Assembleia Legislativa, Sessão Solene em que homenageou a Ordem DeMolay pela passagem do seu dia, comemorado anualmente no dia 18 de março.

Ribamar Araújo agradeceu a Jucelino Amaral, por ter lhe apresentado a Ordem DeMolay e fez saber o que ela representa como retidão moral entre os jovens. “Por isso deveria ter mais unidades da Ordem para que talvez se conseguisse mudar a ordem das coisas neste país”.

O parlamentar falou da importância como políticos e citou o vereador Aleks Palitot (PTB) que podem fazer a diferença, pois o ambiente é muito assediado para que o caráter seja desviado. “Infelizmente, a safadeza faz parte deste nosso mundo. Por isso ainda tenho a esperança quando vejo pessoas como o Palitot sendo eleito para ajudar nesta luta de honestidade na política”.

Ribamar finalizou salientando a importância da retidão de caráter e de personalidade dos demais membros da mesa pedindo aos jovens que os sigam como exemplos às suas vidas. “Muito obrigado a todos”. 

Ao iniciar a solenidade foi apresentado vídeo que conta a história do inspirador da Ordem, Jacques DeMolay que, após lutar pela coroa francesa, foi morto aos 70 anos queimado em praça pública, sendo considerado o herói da Ordem. 

O DeMolay Mestre Grande Conselheiro Estadual, Paulo Henrique Amorim Alves afirmou que ninguém é maior ou melhor que ninguém, mas que os que compõe a ordem carregam a luz no coração. Falou na valorização da honra e do amor.

Justiça, honra, solidez moral e bons costumes são os preceitos da Ordem e que espera que sejam inspiradores para que o mundo também os reflita e seja mais justo e sem mazelas, concluiu Alves.

Representando o Grão-Mestre Aldino Brasil, o ex-Grão-Mestre da Glomaron, Jucelino Amaral agradeceu ao deputado Ribamar por marcar a data tão importante para a Ordem DeMolay. Enalteceu os demais membros da mesa e salientou a grande liderança do “sobrinho” Paulo Henrique, que demonstra retidão de caráter e um formador de opinião.

“Obrigado a todos os DeMolay por existirem. Aos de ontem, por terem trazido a ordem. Aos de hoje, que sigam este farol deixado pelos antecessores e que deram o rumo para a instituição”, finalizou Jucelino deixando a saudação do Grão-Mestre a todos.

O Grande Mestre Estadual da Ordem DeMolay, Marcos Ferreira do Nascimento salientou os objetivos da Ordem, que é o da formação de líderes, o respeito às leis e que sigam a filantropia. O participante deve crer em Deus, o ser supremo. A Ordem está presente em todos os Estados brasileiros. Enfim, tornar cada integrante uma pessoa melhor dentro da sociedade.

Em agradecimento da Ordem foi entregue homenagem ao deputado Ribamar Araújo e ao Grão Mestre Jucelino do Amaral, representando a Maçonaria.

O promotor de Justiça, Marcelo Lima de Oliveira salientou que como peça histórica da Ordem DeMolay está presente na solenidade. Se disse feliz por ver que a semente plantada “lá atrás, pela Maçonaria, frutificou e deu bons frutos”. Finalizou agradecendo a homenagem. “O senhor está contribuindo para o futuro de Rondônia e do Brasil”.

O vereador Aleks Palitot (PTB) salientou a importância da Ordem DeMolay em sua formação, como ser humano e de caráter, especialmente neste momento em que, como político, se vê em situações em que seria muito fácil “perder-se e sucumbir às tentações mais fáceis”.

A ordem prega as colunas mais fortes, não as torres mais altas. Não pensar em medalhas e honrarias. A história estabelece a cada um conforme sua conduta, afirmou Palitot. Finalizou afirmando aos jovens para que “levantem apesar das quedas e acreditem acima de tudo”.

 

História

A Ordem DeMolay é uma organização filosófica, fraternal, filantrópica e sem fins lucrativos, para jovens do sexo masculino com idade compreendida entre 12 a 21 anos, e fundada nos Estados Unidos no dia 18 de março de 1919 pelo Maçom Frank Sherman Land.

Os DeMolay, informou o parlamentar, são patrocinados e apoiados pela Maçonaria, oficialmente desde 1921, que na maioria dos casos cede o espaço de seus templos para as reuniões dos "Capítulos", denominação da célula da organização.

A Ordem é inspirada na história e exemplo de Jacques DeMolay, 23° e último Grão-Mestre da Ordem dos Templários, nascido no século XII, morto no século XIV, perseguido pela Inquisição da Igreja Católica e executado por ordem do Rei Filipe IV da França, por não entregar seus companheiros ou faltar com fidelidade a seus juramentos.

Os princípios da Ordem são baseados em virtudes como a fraternidade e o companheirismo, incentivando cada membro a trilhar seu caminho seguindo preceitos que são considerados pela Ordem diferenciais na vida de um líder e determinantes para seu destino.

Além das atividades ritualísticas, que dão a base filosófica da Ordem DeMolay, o fundador da Ordem escreveu para os Capítulos um programa com atividades variadas, para dar aos jovens a possibilidade de exercer e desenvolver suas competências em administração, planejamento, oratórias e trabalho em equipe.

No dia 27 de setembro de 2011, o Estado de Rondônia estabeleceu o Dia do DeMolay, através da Lei Estadual nº 2.567/2011, a ser comemorado anualmente no dia 18 de março, sendo que a escolha da data marca o falecimento de Jacques DeMolay, herói e mártir que inspirou o nome da Ordem.

 

ALE/RO - DECOM - [Geovani Berno]

Foto: Lusangêla França e José Hilde


FOTOS